Exame toxicológico CNH

Exame toxicológico para CNH de caminhoneiros

A realização do exame toxicológico CNH, tornou-se obrigatório mediante a Lei Federal 13.103, conhecida popularmente como Lei do Motorista ou Lei do Caminhoneiro.

A lei determina que condutores de categorias específicas, realizem o exame toxicológico de larga janela de detecção, a fim de verificar se houve o uso de drogas ilícitas que possam comprometer a capacidade do condutor na direção.

Junto aos demais exames mentais e médicos exigidos, o condutor deve realizar o toxicológico para a obtenção, alteração de categoria ou renovação da Carteira Nacional de Habilitação.

No ano de 2017, este exame também passou a vigorar em caso de desligamento ou admissão, para os motoristas profissionais das categorias C, D e E, contratados no regime CLT.

Quer saber como funciona, qual o valor, sua validade, em qual CNH é exigido e outras informações a respeito do exame toxicológico CNH?!

Então nós te convidamos a continuar a leitura no artigo, para saber a resposta de todas essas perguntas.

Como funciona o Exame toxicológico CNH

O Exame toxicológico CNH funciona de forma bem simples, basta que o motorista compareça a um centro de coleta e solicite o exame em um dos 8 laboratórios credenciados pelo Denatran.

Normalmente o exame acontece por meio da coleta de uma mecha de cabelo, mas para que o resultado do exame seja aceito pelo DETRAN, é preciso que o cabelo tenha no mínimo 4cm e comprimento.

Entre as substâncias detectadas pelo exame toxicológico, estão:

  • Cocaína e derivados, como merla, crack e outros;
  • Opiáceos, como morfina, codeína, heroína e outros;
  • Maconha e derivados;
  • Ecstasy;
  • Anfetaminas;
  • Metanfetaminas;
  • Femproporex, exicodona, codeína, mazindol e anfepramona.

Calmantes, antidepressivos, enérgicos, álcool, anabolizantes e similares, não são detectados através do exame toxicológico.

Caso o resultado do exame seja positivo, o motorista fica impedido de renovar ou obter sua CNH nas categorias C,D e E.

Nestes casos, será preciso aguardar um período de 90 dias para se dispor à um novo exame, nesse período a CNH ficará suspensa até que o resultado dê negativo para o DETRAN.

Como realizar Exame toxicológico CNH

Para realizar o Exame toxicológico CNH, uma pequena amostra de cabelos, é coletada do paciente a ser examinado.

Através da análise de uma mecha fina de cabelos ou de pelos corporais, é possível detectar as substâncias que foram consumidas no período de até 180 dias antes da realização do exame.

A mecha deve ser coletada próxima a raiz, no entanto, em alguns casos específicos, o exame toxicológico também pode ser feito por meio da coleta de uma amostra da unha.

É chamado de “larga janela”, pois é capaz de apontar se houve o uso de substâncias psicoativas (drogas) nos 90 dias que antecederam ao exame.

A maior dúvida entre os motoristas que precisam realizar o exame, é com relação a preparação necessária.

Porém não existe nenhuma especificação quanto a isso, apenas pede-se que o cabelo não esteja molhado no dia da coleta.

Utilizar produtos para cabelos e corpo, como shampoos, tinturas, gel, condicionador e outros, não irão influenciar nos resultados do exame.

Onde fazer o Exame toxicológico CNH

Existem diversos centros de coleta espalhados pelo Brasil, porém apenas oito laboratórios estão credenciados pelo Detran para realizarem o exame.

Cinco desses laboratórios encontram-se no Estado de São Paulo. Caso sua cidade não tenha um desses laboratórios, será preciso ir até uma rede coletora.

A rede coletora nada mais é, que um laboratório que faz a coleta do material genético, e encaminha para a análise num desses oito laboratórios credenciados.

Veja quais são esses oito laboratórios credenciados que realizam o Exame toxicológico CNH:

  • Labet exames toxicológicos LTDA, localizado em Santana de Parnaíba – São Paulo;
  • Maxilabor diagnósticos LTDA, localizado em Jardim Paulista – São Paulo;
  • Psychemedics brasil exames toxicológicos LTDA, no município de Santana de Parnaíba;
  • Laboratório Morales LTDA, no município de Lins – São Paulo;
  • Laboratório Chromatox LTDA, em Sumaré – São Paulo;
  • Db Medicina Diagnóstica LTDA em São José dos Pinhais – Paraná;
  • Tommasi Analítica LTDA, em Vila Velha – Espírito Santo;
  • Contraprova Análises, Ensino e Pesquisas LTDA, situada em Niterói – Rio de Janeiro.

Qual o valor Exame toxicológico CNH

O valor cobrado no Exame toxicológico CNH, pode variar muito conforme a rede coletora.

Por esse motivo, é fundamental realizar uma pesquisa em mais de um laboratório, a fim de pegar um preço mais amigável.

O exame tem um custo a partir de R$250,00, podendo sofrer grande variação de acordo com cada laboratório.

Devido ao alto custo, muitos laboratórios realizam o parcelamento com cartão de crédito, mas isso deve ser conferido com o laboratório em questão.

Vale à pena atentar-se para escolher um laboratório credenciado.

Pois realizar o exame em um laboratório não credenciado, pode significar perda de dinheiro, já que o Denatran não irá aceitar os resultados.

Quanto tempo demora o Exame toxicológico CNH

O tempo que o Exame toxicológico CNH demora para ficar pronto, irá depender muito de cada laboratório.

No entanto, um prazo aproximado é de 15 dias úteis, para que você possa ter os resultados.

Com relação ao tempo de coleta do material genético, é extremamente rápido, e não é necessário preparações especiais.

Qual a validade do Exame toxicológico CNH

A validade do Exame toxicológico CNH  é de 90 dias. Desta forma, o condutor tem um prazo suficiente para que possa dar entrada na renovação de sua Carteira Nacional de Habilitação, quando voltar ao seu estão de origem (caso precise fazer o exame em outro estado).

No caso do condutor realizar o exame no laboratório Psychemedics, por exemplo, terá seu laudo inserido no RENACH automaticamente.

Isso contribui para facilitar toda a transação, já que o motorista precisará apenas se dirigir diretamente para o posto do Dentran para dar continuidade aos procedimentos necessários.

Em qual CNH é exigido o Exame toxicológico CNH

As categorias que precisam, obrigatoriamente, realizar o Exame toxicológico CNH, são C, D e E.

Deve ser realizado nos seguintes casos:

  • Renovação da CNH;
  • Alteração de categoria da CNH;
  • Obtenção da Certeira Nacional de Habilitação.

E conforme dito anteriormente, nos casos de demissão ou admissão de trabalhadores contratados no regime CLT, que exercem a profissão de motorista.

Isso tudo porque esse exame irá diagnosticar as substâncias usadas pelo paciente, a fim de atestar suas condições para a direção dos veículos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *