Pedágio no Paraná, tudo sobre!

Pedágio no Paraná, o que devo saber antes de viajar?

O pagamento de tarifas nas rodovias brasileiras para o deslocamento entre cidades e/ou estados é feito através de postos, chamados de pedágio.

Nesse texto quero citar algumas informações a respeito do pedágio no Paraná.

Fique atento aos detalhes para não sofrer as punições previstas na lei e usufruir das vantagens que o pedágio no Paraná oferece a você.

Então se você tem um carro e costuma sempre passar por algum desses pedágios, veja o que temos para você nesse texto e mesmo que não more no estado do Paraná acompanhe, porque as dicas são importantes para quem é viajante também.

Quais as concessionárias que administram os pedágios no Paraná?

O pagamento do pedágio no Paraná, possibilita ao condutor, um direito de passagem, e tem o objetivo de custear a construção e manutenção das vias de transporte.

Quem administra essa cobrança, são as concessionárias. No Paraná são seis concessionárias que administram diferentes praças de pedágio, são elas:

  • Caminhos do Paraná;
  • Econorte;
  • Ecovia;
  • Rodonorte;
  • Ecocataratas;
  • Viapar.

Entre as principais rodovias federais estão: BR 277, BR 376, BR 153 e BR 369. Já entre as maiores estradas estaduais estão: PR 317, PR 323, PR 151 e PR 427.

Valor do pedágio no Paraná?

O valor do pedágio no Paraná sofreu um reajuste no final do último ano. O reajuste médio anual varia de 6,66% a 8,40%.

O reajuste segundo cada concessionária, é o seguinte:

  • Caminhos do Paraná 8,40%;
  • Econorte, não apresentou pedido de reajuste;
  • Ecovia 7,91%;
  • Rodonorte 6,66%;
  • Ecocataratas 7,66%;
  • Viapar 17,60%.

Os valores do pedágio de cada praça, podem ser verificados aqui. (https://www.documentador.pr.gov.br/documentador/pub.do?action=d&uuid=@gtf-escriba-agepar@23894340-4c7c-404c-ab41-791a9f5d442a&emPg=true)

Comparação de valores do pedágio no Paraná e em outros estados

Os procuradores e auditores da Receita Federal, em fevereiro de 2018, compararam os preços praticados por uma mesma concessionária no Paraná e em outros estados.

Identificaram que as tarifas cobradas nas 27 praças paranaenses são 400% mais caras que a dos demais estados.

Um dos pedágios mais caros do mundo, está localizado no norte do Paraná, na praça de Jataizinho na BR-369.

A cobrança que antes correspondia a R$16,10, agora vigora a R$22,00, o que mostra um valor alto se comparado aos demais pedágios brasileiros.

Ao pagar o pedágio no Paraná você tem direito algum seguro?

O pagamento do pedágio dá ao usuário alguns direitos, dentre eles o direito de usufruir de serviços de urgência e emergência.

As concessionárias devem utilizar parte do valor arrecadado para a preservação e sinalização de rodovias.

Portanto, ao realizar o pagamento do pedágio no Paraná, o condutor tem o direito de exigir placas de sinalização nas estradas e a conservação das mesmas.

Além disso, caso você tenha algum problema com seu veículo, as concessionárias de rodovias têm a obrigação de disponibilizar guinchos, socorro mecânico de emergência e telefone para emergência.

O atendimento médico também é um direito dos condutores que pagam seus pedágios nas estradas brasileiras.

Vale ressaltar ainda, que caso você se envolva em um acidente de veículo, pode acionar o DPVAT, que se trata do seguro obrigatório, pago juntamente ao IPVA, anualmente.

O que acontece se não pagar o pedágio no Paraná?

O não pagamento de pedágio é considerado como uma infração grave, conhecido como “evasão de pedágio”.

O condutor que passar pelas praças de pedágio no Paraná e não realizar o pagamento, ficam sujeitos a punições como: 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação e multas de R$195,23.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *